• Bravo Godoy Perroni Advocacia

Sobe o número de divórcios durante a pandemia entre famosos e anônimos


A procura por divórcio tem aumentado durante o período de isolamento social provocado pela pandemia da covid-19. O isolamento, trouxe uma nova realidade para as relações entre casais. Muitos acabaram não resistindo ao aumento da convivência e tomaram a decisão da separação.


Por experimentarem de forma mais estressante o dia a dia, ou por apresentarem relações que já estavam fragilizadas antes da pandemia, algumas famílias acabaram não resistindo a esse estresse, e a separação surgiu como uma solução.


De acordo com um levantamento do Google, a pesquisa por “divórcio online gratuito” cresceu quase 10 mil %. Pouco tempo depois, uma nova busca por “divórcio virtual” também teve um aumento significante de 850%.


Mas o que esses dados dizem sobre os relacionamentos?

Culpar a quarentena pelo fim dos relacionamentos está longe de ser uma justificativa aceitável. É claro que ela, intensifica os problemas vividos pelos casais, mas está longe de ser a única causa.


A verdade é que o isolamento só mostra o quanto algumas relações já estavam balançadas muito antes desse cenário.


Em relação as figuras públicas, por que as separações de famosos mexem tanto com as pessoas?


Segundo a psicóloga Beatriz Costa, a recente separação de Gusttavo Lima e Andressa Suita, por exemplo, surpreendeu muitas pessoas. “O casal era visto por muitos, como casal modelo, nas redes sociais e vida pública, criando uma imagem de casamento perfeito. Mas, a verdade é que longe das redes sociais, a realidade é igual para todos nós, seres humanos. Celebridades ou não, sofrem dos mesmos problemas, que a rotina traz e que para muitos foi amplificada com a quarentena. Sempre digo que, ninguém sabe como está a realidade de um casamento, seja ele famoso ou não.” Diz Beatriz.


A psicóloga ainda diz que as pessoas criam expectativas e esquecem de observar a realidade, a qual fala com a gente todo o tempo. O grande problema é a romantização imaginada, criando expectativas irreais, nos relacionamentos atuais. Elas não conseguem mais fracassar e, por isso, precisam romantizar muitos dos seus erros. Muitos casais famosos, quando encerram seus relacionamentos, acabam por romantizar os seus términos, como por exemplo: “Ah! Nós estamos terminando para conseguir continuar nos amando”. Como se esse fosse o cenário natural de encerrar relacionamentos.


“Precisamos entender que, a paixão precisa ser transformada em amor verdadeiro e doação. O outro entra no seu comum, no seu ordinário, vocês acordam de manhã com a cara limpa e agora a vida se torna algo completamente banal. É daí, dessa união, que perdura na ausência do sentimento inicial, que começa a nascerem sentimentos que não são possíveis de serem conhecidos na ingenuidade. É por isso que a paixão muitas vezes é um problema. Essa tal da paixão só serve em filmes.” Explica a psicóloga.


Fonte: Oeste Paulista Notícias


bgp@bgpadv.com.br

2 visualizações0 comentário