• Bravo Godoy Perroni Advocacia

Com pandemia, planejamento sucessório passa a preocupar famílias


Um dos efeitos da pandemia sobre os planejamentos financeiros foi o aumento na procura de gestores de patrimônios e advogados por famílias preocupadas com a sucessão de seus bens em caso de falecimentos. De tabu, o tema passou a ser uma preocupação comum dos brasileiros em todas as faixas de renda, mas as soluções para fazer a transmissão do patrimônio podem ser bem diferentes em cada perfil.


Um dos mitos em torno do planejamento sucessório, no entanto, é considerá-lo uma tarefa apenas para quem possui grandes patrimônios. Considerações como o regime de casamento, bem como o desejo de dispor parte dos bens para pessoas físicas ou jurídicas que não os herdeiros legais são algumas das soluções possíveis com o planejamento patrimonial em vida, mas as vantagens podem incluir ainda redução de custos e a possibilidade de evitar disputas familiares pelos bens herdados.


Fonte: Forbes


bgp@bgpadv.com.br

1 visualização0 comentário